sábado, 5 de outubro de 2019

Vulcão entra em erupção após 95 anos inativo e astronautas capturam imagem impressionante

Raikoke, uma ilha vulcânica desabitada no noroeste do Pacífico, entrou em erupção pela última vez em 1924. Depois ficou em silêncio por quase 100 anos, até que, em 22 de junho, soltou uma rajada de cinzas e vidro vulcânico tão poderosa que pôde ser vista do espaço. Felizmente, os astronautas a bordo da Estação Espacial Internacional estavam lá para capturar o momento.

Uma foto dramática divulgada pela NASA mostra a pluma do vulcão subindo pelas nuvens.

A erupção, que também foi documentada por vários satélites, consistiu em pelo menos nove explosões, seis das quais ocorreram nos primeiros 25 minutos. As cinzas alcançaram 13 quilometros de altitude.



Raikoke faz parte das Ilhas Curilas, um arquipélago que se estende entre a Península de Kamchatka, na Rússia, e Hokkaido, no Japão.

Com informações de Smithsonian.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário