quinta-feira, 31 de outubro de 2019

Tabela de Fios de Cobre

O primeiro ponto a ser observado na escolha de um condutor para uma instalação elétrica é a capacidade de corrente, que deve ser suficiente para permitir sua livre condução, sem aquecimento excessivo. Outros pontos de grande importância também devem ser observados na escolha de um bom condutor, principalmente os relacionados com a previsão da quantidade de fio necessária a determinada aplicação, seu custo e o volume que ocupará em determinada disposição.

A classificação dos fios de cobre é feita segundo seu diâmetro (bitola), correspondendo a cada valor dessa grandeza um número de ordem. Esses  números foram obtidos pela primeira vez por uma empresa americana, a Brown & Sharp (B&S), sendo esse o motivo de designar os fios por um número, seguido pela sigle B&S, indicando que o número se refere à tabela dessa empresa. Posteriormente, essa numeração foi adotada por todas as indústrias americanas, passando a ser denominada AWG (American Wire Gauge). Como os valores das duas tabelas coincidem para um mesmo fio, encontrando-se uma indicação de número de fio seguida pela sigla B&S, também se pode determinar suas características pela tabela AWG.